10 verdades para as mães.

10 verdades para as mães.

10 verdades para as mães

por: Katie Faris

 

Agarre-se a essas verdades

Embora a maternidade seja um chamado desejável e piedoso, ela também traz sofrimento e dor de cabeça. Seja devido à depressão pós-parto ou do comportamento difícil de um filho, um diagnóstico médico sério ou pelo afastamento de um filho adulto, ser uma mãe é duro e traz todo o tipo de tristezas inesperadas. E as tristezas de uma mãe podem levá-la a questionar o caráter e as promessas de Deus.

 

Mas Deus ainda é bom.

Em todas as circunstâncias, Deus permanece o mesmo e nós podemos confiar nele.

Ele é nossa verdadeira esperança e conforto nas aflições, sua palavra fornece uma estrutura para explicar nosso sofrimento, e nos ajuda a combater as tentações e mentiras comuns com as quais acreditamos.

 

Aqui estão dez verdades para mães como eu se agarrarem nos dias difíceis. Essas verdades:

  • nos asseguram do amor de Deus,
  • nos encorajam mostrando que ele está operando em nossas aflições,
  • nos lembram do que a Bíblia diz que é verdade quando nossos sentimentos, as circunstâncias e as mentiras da nossa mente nos tentarem a pensar e crer de outra forma.

 

Também disponibilizemos um lindo PDF para download, você é convidada a imprimir esses cartões e colocá-los em um local onde você pode vê-los com frequência. Compartilhe esse texto com uma amiga ou grupo de mães. Imprima e dê esses cartões para os pais quando estiverem buscando os filhos na escola dominical.

 

Minha esperança é que essas dez verdades mostrem para muitas mães a bondade de Cristo e o Evangelho e conforto que ele oferece.

 

10 VERDADES PARA AS MÃES

Adaptado de Deus Ainda é Bom de Katie Faris

 

MENTIRA — A aflição é minha inimiga.

VERDADE — Satanás é meu inimigo. 

PALAVRA DE DEUS — “Sede sóbrios e vigilantes. O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar” (1Pe 5.8).

 

MENTIRA — Minha aflição e meu sofrimento significam que Deus não me ama.

VERDADE — Nada pode me separar do amor de Deus.

PALAVRA DE DEUS — “Em todas estas coisas, porém, somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou. Porque eu estou bem certo de que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as coisas do presente, nem do porvir, nem os poderes, nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura poderá separar-nos do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor” (Rm 8.37-39).

 

MENTIRA — Minha aflição reflete minha falta de fé.

VERDADE — Minha aflição pode provar minha fé.

PALAVRA DE DEUS — “...embora, no presente, por breve tempo, se necessário, sejais contristados por várias provações, para que, uma vez confirmado o valor da vossa fé, muito mais preciosa do que o ouro perecível, mesmo apurado por fogo, redunde em louvor, glória e honra na revelação de Jesus Cristo” (1Pe 1.6-7). 

 

MENTIRA — Minha aflição produz apenas dor.

VERDADE — Aflições podem produzir fruto espiritual.

PALAVRA DE DEUS — 1. Aflições oferecem uma oportunidade para conhecer melhor Deus e sua palavra, confiar mais em seu caráter e desenvolver o meu (Jó 42.5; Sl 119.71; Rm 5.3-4).

  1. Aflições me fazem mais grata por Jesus que sofreu em meu lugar (Is 53. 5).
  2. Aflições me lembram que a terra não é meu verdadeiro lar e aumentam meu anseio pelo céu (Ap 21.4).
  3. Aflições aprofundam minha vida de oração (Rm 8.26-27).

 

MENTIRA — Minha aflição é uma perda de tempo.

VERDADE — Minha aflição prepara um eterno peso de glória para mim.

PALAVRA DE DEUS — “Por isso, não desanimamos; pelo contrário, mesmo que o nosso homem exterior se corrompa, contudo, o nosso homem interior se renova de dia em dia. Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, acima de toda comparação, não atentando nós nas coisas que se veem, mas nas que se não veem; porque as que se veem são temporais, e as que se não veem são eternas” (2Co 4.16-18).

 

MENTIRA — Minha aflição não faz sentido. 

VERDADE — Minha aflição me faz mais parecida com Jesus.

PALAVRA DE DEUS — “Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito. Porquanto aos que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos” (Rm 8.28-29).

 

MENTIRA — Estou sozinha na minha aflição.

VERDADE — Meu Deus trino está comigo.

PALAVRA DE DEUS — 1. Jesus é o meu sumo sacerdote compassivo (Hb 4.15-16).

  1. O Espírito Santo é meu Consolador (Jo 14.26-27).
  2. Meu Pai celestial me ama (1Jo 3.1).  

 

MENTIRA — Eu sou a única que sofre.

VERDADE — Cristãos sofrem por todo o mundo.

PALAVRA DE DEUS — “Resisti [ao diabo] firmes na fé, certos de que sofrimentos iguais aos vossos estão-se cumprindo na vossa irmandade espalhada pelo mundo” (1Pe 5.9).

 

MENTIRA — Minha aflição nunca vai acabar.

VERDADE — Seja nessa vida ou na eternidade, minha aflição irá chegar ao fim.

PALAVRA DE DEUS — “Ora, o Deus de toda a graça, que em Cristo vos chamou à sua eterna glória, depois de terdes sofrido por um pouco, ele mesmo vos há de aperfeiçoar, firmar, fortificar e fundamentar” (1Pe 5.10).

 

MENTIRA — Essa aflição é forte demais para mim.

VERDADE — Deus dá graça suficiente.

PALAVRA DE DEUS — “Então, ele me disse: A minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza” (2Co 12.9).

 

Katie Faris (BA, Grove City College) é autora de He Will Be Enough: How God Takes You by the Hand Through Your Hardest Days e Loving My Children: Embracing Biblical Motherhood, e escritora convidade de vários blogs incluindo Golpel Coalition e Risen Motherhood. Esposa de pastor e mãe de cinco, Katie vive com sua família em New Jersey. Para saber mais, visite katiefaris.com.

 

© Traduzido com a autorização de Crossway. Original.

Voltar para o blog